sábado, 2 de junho de 2012

R10 x Fla: Os erros dos dois lados da moeda


Já era mais do que nítido e evidente. A lista de problemas só aumentava, a gravidade das declarações, ações e ameaças chegava ao insuportável entre ambas as partes. O desempenho dentro de campo e a relação fora dele causavam um desconforto por dia. E, na última quinta-feira, a "separação" só veio confirmar o que até demorou  um considerável tempo para se oficializar. Quem conhece e acompanha o futebol atual já deve ter notado do que estamos falando.

A primeira vista, era tudo uma festa de arromba, literalmente. Ronaldinho Gaúcho e o Flamengo se conheceram e chegaram a confirmar o "casamento" numa negociação muito embrumada e complicada, que contou com a presença de dois intrusos (Grêmio e Palmeiras) que tentaram melar o negócio. Só que a escolha do jogador foi mesmo jogar na Gávea, apesar de ter iniciado sua carreira no clube gaúcho. A recepção foi muito calorosa, e a expectativa era maior ainda, até por toda a história que R10 construiu na Europa. O início foi um pouco tímido, mas em pouco tempo ele conseguiu apresentar um futebol convincente, não chegando ao patamar do seu jogo que apresentou fora do país, mas que lhe rendeu muitos elogios e até convocações e a volta para a seleção brasileira. A torcida rubro-negra tinha a certeza que o clube havia feito um excelente negócio, e que o desempenho só iria aumentar, proporcionando títulos e muitas alegrias a maior torcida do Brasil.

Só que, repentinamente, os problemas foram aparecendo, mais no quesito extra-campo do que dentro dele propriamente dito. Atrasos e faltas em treinos, viagens e fisioterapias, sem explicações a diretoria do clube, e festas e baladas frequentes. Assim, o desempenho dentro de campo acabou sendo afetado, com caídas de rendimento nos jogos, e a relação tanto com a cúpula flamenguista como com os torcedores foi se desgastando. As "chamadas de atenção" foram dadas, e as cobranças foram feitas. Porém, os casos de indisciplina só aumentavam, e a relação se encaminhava para o começo de um final bastante conturbado. E, no meio disso tudo, atrasos de salários e direitos de imagem, além da pressão do empresário Assis pelo pagamentos das dívidas. Até que neste último mês de maio os fatos se agravaram numa tal gravidade que o que já era eminente ficou confirmado. Na última quinta-feira, Ronaldinho Gaúcho entrou na justiça e conseguiu seu desligamento do Flamengo de maneira oficial, acabando com a conturbadíssima relação de um ano e cinco meses entre o jogador e o clube.

O saldo que podemos fazer desta briga e término de "relacionamento" entre R10 e Fla pode ser feito dos dois lados da moeda, onde ambos os protagonistas da história saíram perdendo e tiveram ações totalmente erradas. Ronaldinho Gaúcho chegou badalado, prometendo fidelidade e vontade ao time e a torcida. Porém, seus atos de indisciplina extrapolaram quase todos os limites no que se está relacionado a um jogador de futebol, uma pessoa pública, e, se tratando dele, um craque já consagrado no futebol mundial e muito conhecido. As muitas festas, regadas a muito pagode, mulheres e confusões acabaram criando um clima de muito desconforto dentro do clube, que proporcionou a falta nos treinos e viagens, e também na queda do desempenho do jogador, e até uma eminente falta de interesse e motivação do próprio. Assim, a conduta de Ronaldinho é perfeitamente condenável, e com muita razão, porque seu divertimento e confusões fora de campo afetaram (e muito) seu futebol dentro dele, mostrando uma tremenda falta de profissionalismo.

Porém, o Flamengo não fica para trás em relação aos erros nesta complicada história de "amor e ódio". O clube fez um esforço tremendo para trazer o jogador, assumindo riscos de valores de salários. Conseguiu patrocinadores e parceiros para bancar o novo ídolo do time. Teve resultados no começo, com o bom desempenho dele dentro de campo e também com todo o mar keting gerado. Porém, os problemas de ordem financeira foram ficando quase que incontroláveis, expondo uma insatisfação do empresário e irmão de Ronaldinho, Assis. Junto com isto, os problemas de indisciplina do atleta começaram a aparecer, e o clube deixava tudo isto passar, formando uma bola e neve que só crescia a cada episódio desegradável que envolvia tanto o clube como o jogador. A cúpula rubro-negra não conseguia tomar atitudes e nem punia Ronaldinho pelos seus atos, muito menos com seu desempenho em campo. Erro gravíssimo do clube, que não soube lidar com os problemas tanto da parte financeira como disciplinar, deixando a coisa acontecer até chegar ao ponto que chegou.

Com erros e mais erros envolvendo as duas partes desta novela tão embrumante, polêmica e conturbada, o fato é que agora cada um vai seguir seu caminho. A briga verbal vai continuar por mais alguns dias, até que as coisas se secem e a batalha continue na justiça. Ronaldinho Gaúcho sai bastante "queimado" desta história, pelos seus atos e condutas, e dificilmente seu futuro será dentro do futebol brasileiro. Parece que a motivação e o foco agora são os principais adversários do jogador daqui pra frente, que agora procura novos ares para recomeçar. E o Flamengo agora tentará apagar toda esta confusão feita, pois ainda tem o Campeonato Brasileiro pela frente, além de sanar as dívidas com o jogador, dívidas que já se encontram na justiça e que prometem uma longa briga nos tribunais.

Fato é que a diretoria do clube precisa melhorar seu planejamento, que atualmente se encontra bastante bagunçado, e isto ficou mais evidente ainda com este episódio. Patrícia Amorim comete mais um erro, a torcida já está mais do que impaciente, e agora parece que Adriano vem por aí. O Flamengo corre mais um risco, pois o histórico do jogador não é nada favorável. E, se a lição não foi aprendida, as consequências podem ser maiores ainda.

5 comentários:

  1. Sou mas o val.baiano

    ResponderExcluir
  2. Gabriel, difícil achar algo que deu certo nisso tudo né? hehe
    Erros dos dois lados, até que o começo deu certo, mas depois, com a torcida impaciente, deu nisso.

    Aluguel das caixas de som: 900,00
    OBRIGADO FLAMENGO!

    SANGUE AZUL

    ResponderExcluir
  3. Não é de hoje que o Flamengo tem problemas com atrasos de pagamentos, os jogadores já sabem e assinam contratos conscientes do fato.

    ResponderExcluir
  4. Olá ,sou dono do top divulgações divulgando mais de 300 sites na base de parceria se tiver interesse entre em contato http://www.topdivulgacoes.rg10.net

    ResponderExcluir

Sejam todos bem-vindos ao Futebol Na Veia. Aqui, todos são livres para expor suas opiniões, independentemente qual seja ela, desde que elas sejam feitas com coerência e passividade. Os comentários não são moderados, então pedimos o bom senso de todos. Fiquem a vontade para comentar. Muito obrigado e voltem sempre!