quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Messi decide, Argentina vence Brasil e quebra tabu de cinco anos

Olha a fera aí. Ele decidiu mais uma vez. Lionel Messi marcou o único gol da vitória da Argentina sobre o Brasil, em amistoso realizado nesta quarta-feira, em Doha, no Catar. Com o resultado, os argentinos quebraram um tabu de cinco anos sem vencer a seleção brasileira.

Mano Menezes começou a partida com novidades na equipe brasileira. Além da volta de Neymar ao time, o retorno de Ronaldinho a seleção canarinho era um dos atrativos do jogo. Junto com o Gaúcho, todos os holofotes se voltavam para Messi. Os dois camisas 10. E fora eles que ditaram o ritmo da partida no primeiro tempo. Diferentemente de como atua no Milan, Ronaldinho se movimentou bastante e participava de todas as jogadas de ataque da nossa seleção, sempre tentando encontrar Robinho e Neymar para as finalizações. Mas foi Daniel Alves quem quase marcou para o Brasil, com uma bomba que explodiu no travessão. Três minutos depois, foi o Gaúcho que teve a chance. Depois do bate-rebate na área, ele tentou de calcanhar, para a boa defesa de Romero. A Argentina também assustou. Higuaín cabeceou e Victor fez excelente defesa. Ronaldinho continuava tentando marcar na sua volta. De falta, teve mais uma oportunidade, mas Romero novamente interferiu. Mas e Messi? Ele apareceu no finalzinho, com um chutaço de fora da área que tricou a trave de Victor. Primeiro tempo movimentado e equilibrado.

A segunda etapa começou como a primeira, com as duas seleções tentando chegar ao gol. Porém, com entradas mais duras, a partida esquentou. David Luiz chegava mais duro em Messi, e Ramires se entranhou com Banega após uma dividida. Ronaldinho continuava tentando em cobranças de falta, mas o goleiro argentino Romero conseguia praticas as defesas. Na metade do segundo tempo, a Argentina começou a ter mais posse de bola e a dominar o meio-de-campo. E as substituições de Mano surgiram. Ronaldinho saiu, aplaudido, para a entrada de Douglas, e Neymar deu lugar a André. Mas nada mudou. Sem a bola no pé, a seleção não oferecia perigo, assim como os hermanos, que mesmo com mais volume de jogo não assustavam o gol do goleiro Victor. Quando parecia que a partida se encaminhava mesmo para o 0 a 0, numa das únicas bobeiras que a defesa do Brasil cometeu em todo o jogo, veio o gol dos argentinos. E logo com quem? Claro, sempre ele, Lionel Messi. Doulgas saiu tocando errado e Messi recuperou. Ele tabelou com Lavezzi e recebeu de volta. Deixou para trás David Luiz e Lucas, com toda sua velocidade, tirou de Victor com um leve toque, no cantinho. 1 a 0 e final de jogo. No apagar das luzes, a Argentina vence e acaba com a invencibilidade brasileira.

Invencibilidade que já durava cinco anos com os argentinos. Mano Menezes conhece sua primeira derrota frente a nossa seleção, mas nada de pânico. O Brasil já mostrou uma certa evolução. No primeiro teste de fogo que teve, contra seu maior rival, num clássico contra uma excelente equipe, foi muito bem. Victor vem se consolidando no gol. Daniel Alves e André Santos apareceram bem nas jogadas de ataque, só precisam ficar mais ligados na marcação, principalmente no caso de André. Na zaga, Thiago Silva e David Luiz, muito bem na marcação. David não deu folga para Messi, e na única falha, surgiu o gol. Lucas, Ramires e Elias marcaram bem e apareceram para o jogo. A volta de Ronaldinho foi bastante positiva. O dentuço se movimentou muito bem e deu um novo toque ao meio-de-campo da seleção, cobrando faltas e servindo seus companheiros. Neymar também se movimentou bem. E Robinho não apareceu muito na partida. Está jogando com o homem. Precisa melhorar. Mano já pode cogitar a entrada de um homem de referência no ataque brasileiro, coisa que talvez faltou para ganharmos o jogo de hoje, assim como aquele último toque, função que Ganso, Kaká ou até o próprio Ronaldinho podem assumir.

Nada de desespero. Perdemos num lance de distração, mas jogamos bem. O futuro da nossa seleção promete bastante, ainda mais com as voltas de alguns importantes jogadores. No final das contas, o saldo foi positivo, por todas as qualidades que o time de Mano Menezes mostrou. Agora, seleção em campo só no ano que vem. Então, um feliz 2011 para o Brasil.

5 comentários:

  1. Irônicamente eles venceram e uma hora que não valia nada, mas para nós, neste recomomeço, nesta reformulação, valia muito.... que coisa.

    BLOG DO CLEBER SOARES
    www.clebersoares.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Valia como grande teste e mesmo com a derrota a gente se saiu bem. Eu acho que foi bobeira mesmo . Tomara que essas bobeiras sirvam de experiencia pra não chegar em uma competição de peso e bobear.

    Abração!

    http://saopauloblognews.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Esse jogo quase me deu sono. Esperava um jogo de muitos gols, mas tecnicamente foi fraco.

    http://www.gremista-sangueazul.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. A SÉRIE DE POSTS DE ASSUNTOS POLÊMICOS TEM SUA SEGUNDA POSTAGEM HOJE: ACESSE E COMENTE SOBRE A MALA BRANCA!
    http://gremista-sangueazul.blogspot.com/2010/11/assuntos-polemicos-mala-branca.html

    ResponderExcluir
  5. When you travel it is always important to have a place where you could rest,relax and have the comfort that you want.


    Hostels in Salta

    ResponderExcluir

Sejam todos bem-vindos ao Futebol Na Veia. Aqui, todos são livres para expor suas opiniões, independentemente qual seja ela, desde que elas sejam feitas com coerência e passividade. Os comentários não são moderados, então pedimos o bom senso de todos. Fiquem a vontade para comentar. Muito obrigado e voltem sempre!