terça-feira, 2 de novembro de 2010

A terça-feira da Liga dos Campeões

Nesta terça-feira tivemos o início da quarta rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões. Os Grupos A, B, C e D entraram em campo.

Começamos então pelo Grupo A, onde tivemos a grande vitória do Tottenham sobre o atual campeão da Champions, Internazionale, por 3 a 1. O jogo foi em Londres, e a expectativa era bem grande. Os gunners encaravam a partida como uma das mais importantes da história do clube. E presentiaram seu torcedor, que lotou as dependências do estádio White Hart Lane, com uma bela vitória, que começou a ser desenhada ainda na primeira etapa. O holandês Van der Vaar abriu o caminho. No segundo-tempo, apareceu a estrela de Gareth Bale. O lateral (ou meia) esquerdo, que já havia marcado os três gols dos ingleses na partida em Milão, fez a jogada do segundo gol de Crouch. Eto'o ainda tentou atrapalhar a festa, mas Bale estava impossível. No final do jogo, uma sensacional arrancada do campo de defesa (com direito a drible da vaca em Lúcio) acabou em outra assistência, agora para Pavlyuchenko fechar o placar, que deixa o Tottenham na ponta do Grupo, com os mesmo números de pontos da Inter. Superior em todo o jogo, os gunners mereceram e muito o grande triunfo em casa. Na outra partida do grupo, o Twente venceu, fora de casa, o Werder Bremen, por 2 a 0, e ainda sonha com a classificação as oitavas.


Pelo Grupo B, o Benfica quase se complicou, mas venceu o Lyon por 4 a 3, no Estádio da Luz, em Lisboa. Os portugueses chegaram a abrir 4 a 0 no placar com facilidade, gols do ex-vascaíno Alan Kardec, Fábio Coentrão, Javi Gárcia e novamente Coentrão. Quando o jogo parecia bem tranquilo, nos últimos 15 minutos os franceses decidiram reagir, e marcaram três vezes, com Gourcuff, Gomis e Lovren, mas de nada adiantou. O 4 a 3 embola o grupo, que agora tem o Lyon líder, com 9 pontos, dois a mais que o segundo, o próprio Benfica. O Shalke 04, que não passou de um empate sem gols contra o Hapoel Tel Aviv, aparece na terceira colocação, com 6 pontos, mas ainda tem chances.



No Grupo C, o Manchester United bateu o Bursaspor por 3 a 0, na Turquia. Os gols dos ingleses foram marcados todos na etapa final. Mesmo desfalcados, os Red Devills marcaram com Fletcher, Obertan e o ex-sem-teto Bebé. Na outra partida da chave, o Valencia venceu com tranqulidade o Rangers pelo mesmo placar, 3 a 0, com dois gols de Soldado e um de Tino Costa. A situação do grupo fica assim: o Manchester United líder com 10 pontos, o Valencia em segundo com 7, o Rangers em terceiro com 5 pontos e na lanterna o Bursaspor, com nenhum ponto ganho. Os escoceses do Rangers ainda tentam, mas pelo visto não teremos zebra neste grupo.

E, para fechar, no Grupo D, o Barcelona ficou no empate contra o Copenhague. Marcando seu 100º gol sob o comando de Guardiola, o argentino Messi abriu o placar, depois de aproveitar corte errado da defesa dinamarquesa. Mas um brasileiro estragou a festa dos espanhóis. Claudemir chutou e aproveitou desvio para igualar o marcador para os donos da casa. O jogo na Dinamarca deixou as equipes como estavam antes da rodada. O Barça continua líder do grupo, com 8 pontos, e o Copenhague no segundo lugar, com 7 pontos, ambos perto da classificação. Na outra partida da chave, O Rubin Kazan empatou sem gols com o Panathianaikos, na Grécia. Os russos ainda tem chances de passarem as oitavas-de-final, enquanto os gregos estão praticamente eliminados da competição.

Teremos mais Liga dos Campeões da Europa nesta quarta-feira, com a terceira rodada de jogos dos Grupos E, F, G e H. Grandes jogos nos esperam.

6 comentários:

  1. Olá Gabriel, não irei comentar de todos pois só assisti ao uma parte do jogo da Inter, e o que vi foi um show de bola de um numero 3 chanado Bale, o cara deu um passeio encima do Maicon, que não viu a cor da bola.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Esse Bale joga muito... Vai ser difícil o Tottenham segura-lo quando começar a ser mais valorizado!
    Agora o Tottenham só depende de si para ficar em 1º no grupo.;

    O Barça não está tão bem nessa Liga dos Campeões, pelo menos fora de casa, esta decepcionando.

    O Manchester finalmente acrdou, mas na Inglaterra ainda acho o Chelsea, e o poderoso ataque do Arsenal como melhores times!

    http://gremista-sangueazul.blogspot.com/
    Novo desing e Layout!

    ResponderExcluir
  3. O jogo da Inter acho que foi o pior jogo da equipe nessa temporada. Foi pífia a atuação italiana, sem tirar méritos do Tottenham. Barça deu mole, Benfica segue quietinho e o Manchester acordou. Vamos esperar surpresas...

    Abração,

    Luís
    porforadogramado.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. O futebol é um esporte fantástico nenhuma modalidade esportiva passa a mesma emoção para a sua torcida, não existe palavras para explicar a sensação que um torcedor sente ao ver um chute certeiro estufar a rede adversaria em uma final de campeonato.

    ResponderExcluir
  5. O futebol é um esporte fantástico nenhuma modalidade esportiva passa a mesma emoção para a sua torcida, não existe palavras para explicar a sensação que um torcedor sente ao ver um chute certeiro estufar a rede adversaria em uma final de campeonato.

    ResponderExcluir
  6. Com certeza o futebol é o esporte que os brasileiros são mais apaixonados, a paixão vem do berço com o incentivo principalmente da parte do pai, que normalmente acaba influenciando o filho a torcer para o time do coração dele. Isso faz com que a criança cresça com a vontade de assistir cada jogo do seu então time do coração e torcer para que a rede do adversário balance várias vezes.

    ResponderExcluir

Sejam todos bem-vindos ao Futebol Na Veia. Aqui, todos são livres para expor suas opiniões, independentemente qual seja ela, desde que elas sejam feitas com coerência e passividade. Os comentários não são moderados, então pedimos o bom senso de todos. Fiquem a vontade para comentar. Muito obrigado e voltem sempre!