segunda-feira, 28 de junho de 2010

Com autoridade e tranquilidade, Brasil vence Chile e avança às quartas-de-final

A seleção brasileira mudou seu repertório da má atuação contra Portugal no último jogo, venceu muito bem o Chile, nesta segunda-feira, por 3 a 0, e está classificado para às quartas-de-final da Copa do Mundo. Agora, o Brasil enfrenta a Holanda por um vaga nas semifinais do Mundial.

Para quem esperava um jogo duro, os primeiros minutos de partida foram de atenção. Nos cinco minutos iniciais, o Chile bem que tentou complicar as coisas para nossa seleção, subindo bem ao ataque, tendo a posse de bola e criando chances. A postura ofensiva dos chilienos, porém durou apenas por este período. Porque depois o Brasil impôs seu ritmo de jogo, e jogando do estilo que mais gosta, aproveitando os contra-ataques, foi chegando ao campo de ataque, recuperando a bola no pé e as oportunidades foram aparecendo. Luís Fabiano teve a primeira chance, mas chutou torto. Com toque de bola e chutes de fora da área, a seleção canarinho chegava com perigo ao gol chileno. E aos 34 minutos saiu o primeiro gol. Em cobrança de escanteio de Maicon, Juan escorou de cabeça no segundo pau para abrir o placar para o Brasil. Atacando, a seleção conseguiu o segundo aos 37. Na principal característica do time, o contra-golpe. Robinho achou Kaká na esquerda. O camisa 10 enfiou linda bola para Luís Fabiano, com frieza, limpar o goleiro Bravo e tocar para as redes.

Marcelo Bielsa promoveu as entradas de Tello e Valdívia na segunda etapa. Mas o panorama não mudou. O Chile tinha dificuldades de chegar ao ataque. O Brasil desperdiçava oportunidades nos espaço deixados nos contra-ataques, errando alguns passes bobos. O terceiro gol saiu aos 14 minutos. Ramires chegou de trás, se livrou de dois marcadores e rolou para Robinho, com categoria, botar a bola no canto esquerdo de Bravo, desencantando assim no Mundial. Não sofrendo sustos, nossa seleção tentou não ter nenhum jogador suspenso para a próxima partida. Dunga sacou Luís Fabiano, que estava pendurado, para a entrada de Nilmar. Porém, outro pendurado, Ramires acabou tomando cartão amarelo e desfalca o time contra a Holanda. A partida ficou morna nos últimos vinte minutos, com uma chance de gol para cada lado. Pelo Brasil, Robinho chutou cruzado e a bola triscou a trave. Pelo Chile, Suazo chutou bola que Júlio César raspou, que ainda viu a bola pegar no travessão. Dunga ainda promoveu duas estreias, as de Kleberson e Gilberto, nos lugares de Kaká e Robinho. Com a defesa muito bem postada, confiante e segura, a seleção canarinho não teve dificuldades para administrar o placar e garantir a classificação.

Agora temos a Holanda pela frente, nas quartas-de-final. Jogo duro. A laranja mecânica tem o estilo já tradicional de jogar para frente, com três atacantes e meias que apoiam. Atenção com os principais jogadores, Sneijder, Robben e Van Persie. Os europeus tiraram a Eslováquia, venceram por 2 a 1, mesmo sem jogar brilhantemente, coisa que quase nenhuma seleção vem fazendo neste Mundial. O Brasil jogou muito bem, com mais uma vez a defesa se destacando, com Lúcio e Juan fazendo uma partida impecável. O meio-de-campo ficou mais veloz com a entrada de Ramires na vaga de Felipe Melo, que deve voltar no jogo contra a Holanda, pela suspensão de seu substituto. Gilberto Silva acertou quase todos seus passes, e Kaká, mesmo não tão inspirado, foi importante. Robinho recuperou o bom futebol, e Luís Fabiano vem fazendo gols. A seleção holandesa tem um ataque bem qualificado, mas possui uma defesa que não é das melhores. Jogando como o Brasil gosta, temos tudo para passar pelos holandeses. Mas deveremos ter atenção, sem subir no salto. Como Dunga diz, "Um passo de cada vez".

6 comentários:

  1. E ai Gabriel, td blz.
    Cara to meio sumido, ainda por conta da mudança de cidade, acredite nunca queira mudar de cidade, é um saco, mas lugar bom é aquele que a gente ganha dinheiro.....
    O Brasil fez sua melhor partida, com pequenos erros compreensiveis. O Ramirez deu uma quelidade a mais na saida de bola, assim o time obteve a velocidade que precisava e todos queriam. Confesso que espera mais do Chile. Agora vem a Holanda, tem tudo pra ser um jogão que acredito que quem vencer deve chegar a final, mas se vai ser campeão ai já é outra história.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Então, muito melhor a apresentação do Brasil no jogo contra o chile. Mas acredito que não seja parâmetro, uma seleção muito fraca para podermos dizer que o futebol que conhecemos está de volta!
    Quero ver sexta, contra a Holanda, aí sim podemos dizer se as coisas estão realmente melhores ou não!
    Mas é torcer sempre, né?
    Rumo ao HExa!
    Vamo que vamo!

    Beijoooo (Gabriela)

    ResponderExcluir
  3. Gabriel, agora sim o Brasil terá um desafio de verdade pela frente. Se vencer, acredito que mais ninguém segure a seleção canarinho. Espero que vença, mas não boto fé.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Brasil,ganhou mais continua sem convencer,mais é assim copa que segue a agora vamos contra a Holanda.Abraços!

    http://futebolporai.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. O futebol é um esporte fantástico nenhuma modalidade esportiva passa a mesma emoção para a sua torcida, não existe palavras para explicar a sensação que um torcedor sente ao ver um chute certeiro estufar a rede adversaria em uma final de campeonato.

    ResponderExcluir
  6. Com certeza o futebol é o esporte que os brasileiros são mais apaixonados, a paixão vem do berço com o incentivo principalmente da parte do pai, que normalmente acaba influenciando o filho a torcer para o time do coração dele. Isso faz com que a criança cresça com a vontade de assistir cada jogo do seu então time do coração e torcer para que a rede do adversário balance várias vezes.

    ResponderExcluir

Sejam todos bem-vindos ao Futebol Na Veia. Aqui, todos são livres para expor suas opiniões, independentemente qual seja ela, desde que elas sejam feitas com coerência e passividade. Os comentários não são moderados, então pedimos o bom senso de todos. Fiquem a vontade para comentar. Muito obrigado e voltem sempre!