domingo, 25 de abril de 2010

Santos reage, vence Santo André e consegue vantagem

Com dificuldades, mas com um grande poder de reação, o Santos bateu o Santo André por 3 a 2 no Pacaembu e aumentou sua vantagem para o segundo jogo, que vale o título. Quem esperava ver mais um show dos meninos da Vila viu o Ramalhão dominar toda a primeira etapa, encurralando o peixe. Os meias Branquinho e Bruno César ditavam os ataques do Santo André, servindo os atacantes e chegando para criar oportunidades de gol. Com mais posse de bola e com o domínio das ações, o Ramalhão martelava e perdia gols. Até que aos 34 minutos, Bruno César, em cobrança de falta, acertou o canto do goleiro Felipe e abriu o placar. O Santo André continuava em cima, mas não conseguiu aumentar. O Santos se limitou a criar chances isoladas, tendo poucas chances.

Para o segundo tempo, Dorival Júnior sacou Neymar, com uma lesão no olho, e botou André. Com a substituição, o peixe melhorou consideravelmente, ganhou mais poder de ataque, com presença de área e com os meias chegando a frente. Assim como sofreu no primeiro tempo, encurralou o Santo André e logo empatou a partida. Aos 13 minutos, Ganso fez bela jogada e cruzou para André escorar de cabeça para o gol. Três minutos depois, Robinho, até então apagado, fez ótimo lançamento para Wesley invadir a área e bater rasteiro, virando o jogo. O Santo André, que mal passava do meio-campo, se perdeu e acabou tomando o terceiro, aos 24, em uma triangulação de André, Robinho e Wesley, o último a tocar para as redes. Com um jogador a menos, o Ramalhão correu o risco e foi para cima, mesmo sabendo que poderia tomar uma goleada nos contra-ataques. E acabou premiado aos 37 minutos, com o gol de Rodriguinho, gol que colocou o time novamente na briga. Fim de jogo e vantagem santista, que pode perder por até um gol de diferença no jogo da volta, no domingo que vem, no mesmo Pacaembu, promessa de outro jogão de bola, aberto, franco e com muitas emoções.

4 comentários:

  1. O Santo André fez muito bem. Jogou o jogo da vida e deu muito trabalho ao Santos no primeiro tempo. No segundo tempo, o Santos se impôs de novo e conseguiu a virada, mas ainda não foi a atuação esperada.

    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Foi um jogaço, e ai se mostrou que o Santos de longe é imbatível.

    Abraço
    Jeferson

    ResponderExcluir
  3. Com certeza o futebol é o esporte que os brasileiros são mais apaixonados, a paixão vem do berço com o incentivo principalmente da parte do pai, que normalmente acaba influenciando o filho a torcer para o time do coração dele. Isso faz com que a criança cresça com a vontade de assistir cada jogo do seu então time do coração e torcer para que a rede do adversário balance várias vezes.

    ResponderExcluir
  4. O futebol é um esporte fantástico nenhuma modalidade esportiva passa a mesma emoção para a sua torcida, não existe palavras para explicar a sensação que um torcedor sente ao ver um chute certeiro estufar as redes de proteção adversaria em uma final de campeonato.

    ResponderExcluir

Sejam todos bem-vindos ao Futebol Na Veia. Aqui, todos são livres para expor suas opiniões, independentemente qual seja ela, desde que elas sejam feitas com coerência e passividade. Os comentários não são moderados, então pedimos o bom senso de todos. Fiquem a vontade para comentar. Muito obrigado e voltem sempre!