segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Giro pelo Futebol Internacional

Faço agora um giro completo pelos campeonatos nacionais que estão rolando pelo mundo. Já que as atividades do futebol brasileiro já acabaram por este ano, resta ao torcedor brasileiro (além de acompanhar as contratações do seu time do coração) dar uma olhada nos campeonatos europeus e ver o que anda rolando nas competições mundo afora.

Começaremos na Espanha. O Campeonato Espanhol continua equilibrado na disputa pela liderança, com as duas maiores forças lutando ponto a ponto a ponta da tabela. Neste domingo, ambos venceram. O Real Madrid obteve sua terceira vitória seguida, depois da tremenda surra que levou do Barcelona, venceu o lanterna Zaragoza por 3 a 1 (gols de Özil, Cristiano Ronaldo e Di María) e permanece na vice-liderança, dois pontos atrás do rival Barcelona, que aplicou mais um 5 a 0 em sua conta de goleadas. A vítima da vez foi outro Real, o Sociedad (Villa, Iniesta, Bojan e Messi, duas vezes). Os catalães continuam na liderança do Espanhol, e assim como os merengues mostram uma certa superioridade entre as demais equipes. A briga pela Liga dos Campeões também está boa. Por enquanto, os postos são do Villareal e Espayol, terceiro e quarto colocados, respectivamente. O Barça continua mostrando seu futebol coletivo de qualidade incontestável, e o rival Real não deixa por menos.

No Calccio, o Milan continua em ótima fase. Venceu o Bologna por 3 a 0 (gols de Robinho, Ibrahimovic e Boateng) e já abriu seis pontos de vantagem sobre o segundo colocado, que fica a cargo da Juventus, que venceu o antes vice-líder Lazio por 2 a 1 e assumiu o posto. Na quarta posição vem o Napoli, que também venceu (1 a 0 contra o Genoa). Juve, Lazio e Napoli tem o mesmo número de pontos, e a briga promete ser boa. Quem tenta se aproximar é a Roma (que não pretende liberar o imperador Adriano para a volta ao Brasil), que com gol de Juan venceu o Bari pelo placar mínimo. A Internazionale aparece na sétima posição, mas com um jogo a menos, devido ao Mundial de Clubes. Sem precisar muito de Ronaldinho Gaúcho, o Milan vem bem, contando com a boa fase de Robinho, que finalmente parece ter se adapitado, e com os gols de Ibrahimovic.

Pelo Campeonato Inglês, a liderança continua nas maõs do Asenal, que nem jogou ainda nesta rodada. O time enfrenta o Manchester United nesta segunda-feira, no complemento da 17ª rodada. Os gunners podem agradecer mais um tropeço do Chelsea, que parece que não consegue mais vencer. Desta vez, os blues perderam uma chance de ouro ao empatarem com o Tottenham. Saíram atrás do marcador, mas empataram com Drogba. E o próprio marfinense desperdiçou, já nos acréscimos, penalidade que daria liderança, parando nas mãos do goleiro Gomes. Com isto, o Chelsea continua em quarto lugar, com 31 pontos. Mesmo número do United, e um atrás do Manchester City, que venceu o lanterna West Ham por 3 a 1, com dois gols de Yaya Touré. A Premier League promete uma briga bastante interessante pelo título e pelas vagas na Liga dos Campeões, já que cinco times já despontam como favoritos. Mas, por enquanto, nada de definições.

E, pela Bundesliga, o Campeonato Alemão, o Borussia Dortmund continua soberano na ponta da tabela. Com mais uma vitória, agora sobre o Werder Bremen, o time está onze pontos na frente do segundo colocado, Bayer Leverkusen, que derrotou o Hamburgo por 4 a 2 (com dois gols do ex-flamenguista Renato Augusto) e sonha com o título, além do Hannover, terceiro colocado, (que venceu o Stuttgart por 2 a 1) e do Maiz, na quarta posição (que foi derrotado pelo Shalke 04 por 1 a 0 e caiu na tabela). A sensação Freiburg e o atual campeão Bayern de Munique vem logo em seguida. Destaque também para o Shalke, que vem bem na Liga dos Campões e segue emplacando uma boa sequência de vitórias no Alemão e subindo na classificação.

Se nos principais campeonatos europeus as definições ainda estão longe de serem definidas, na Argentina o campeão já foi conhecido neste final de semana. Mas especificamente ontem. O Estudiantes venceu o Arsenal por 2 a 0 e garantiu o título do torneio Apertura. Quem também estava na briga era o Vélez Sarsfield, que mesmo vencendo o Racing, não conseguiu a taça. O time de Verón se consolida como principal força do momento no futebol argentino, desbancando seus rivais tradicionais, Boca Juniors e River Plate, que passaram longe do título e ficarão fora da Libertadores do ano que vem. Falando em Libertadores, o Estudiantes caiu em um grupo complicado, com Guaraní (Paraguai) e com dois brasileiros, Cruzeiro e Corinthians (isto se o Timão passar da fase eliminatória). A chave promete ser muito equilibrada. Irretocável em casa, o Estudiantes arremata o quinto título argentino de sua história.

5 comentários:

  1. ESPANHA
    O Barça segue imparável, apenas goleando e dando show de coletividade.

    ITÁLIA
    Milan, com seu jogo simples, segue na ponta.

    INGLATERRA
    Chelsea simplesmente, não conseguem vencer! Apostava tanto nos blues que agora estão mal.

    ALEMÃO
    Borussia, já campeão?

    ARGENTINA
    SE O BRASILEIRÃO FOSSE COMO A ARGENTINA, DE SER CAMPEÃO APENAS COM 1 TURNO (19 RODADAS), O GRÊMIO TERIA SIDO CAMPEÃO. OU SEJA, NÃO TERIA ELENCO PARA IR ATÉ O FIM, E SEM DÚVIDA, IRIAMOS TER OUTRO CAMPEÃO.

    http://gremista-sangueazul.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Gosto mais do Espanhol. O italiano está com uma briga boa e o inglês está perdendo seu charme.

    To estreando um quadro novo no blog 'Futebol Rio-SP'. Espero você lá.

    Abração,

    Luís - @luisfbarreiros
    porforadogramado.blogspot.com
    http://futebolrio-sp.blogspot.com/2010/12/sobe-e-desce-semanal-6-1312.html

    ResponderExcluir
  3. O gol do Messi foi sacanagem. Simplesmente fantástico!

    Saudações!!!

    ResponderExcluir
  4. Realmente na Europa os rumos começam a se entrelaçar.Na Itália o Milan se consolida na ponta com a Lazio atrás e na Espanha com o de esperado Real e Barça na ponta.

    Forte Abraço
    http://saopauloblognews.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. O futebol é um esporte fantástico nenhuma modalidade esportiva passa a mesma emoção para a sua torcida, não existe palavras para explicar a sensação que um torcedor sente ao ver um chute certeiro estufar a rede adversaria em uma final de campeonato.

    ResponderExcluir

Sejam todos bem-vindos ao Futebol Na Veia. Aqui, todos são livres para expor suas opiniões, independentemente qual seja ela, desde que elas sejam feitas com coerência e passividade. Os comentários não são moderados, então pedimos o bom senso de todos. Fiquem a vontade para comentar. Muito obrigado e voltem sempre!